Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Já li! #1

por BeatrizCM, em 10.01.14

 

Título: Será que as mulheres ainda acreditam em príncipes encantados?

Autor: Rodrigo Moita de Deus

Ano: 2001

 

   Este livro deixou-me dividida, pendendo mais para o lado mau do que para o bom, infelizmente. Quando lhe peguei pela primeira vez, pensei que íamos tornar-nos muito amigos. Apesar de eu saber que este não seria, decerto, o próximo candidato ao Nobel, nunca achei que me viesse a desiludir tanto. Enganei-me.
   As primeiras páginas e, até, os primeitos capítulos foram bastante agradáveis e fizeram-me rir agarrada à barriga. Nessa fase de enamoramento, deleitei-me com um sarcasmo um tanto ou quanto tonto, cheio de despretensão e boas vibrações da parte do autor.
   O pior aconteceu algures a meio da leitura, quando esse autor jovial e divertido se tornou num homem arrogante e presunçoso, cheio de manhas e tiques de tiozoco novo-rico dali de Cascais, 'tão a ver, q'ridos? Nem sequer cheguei a perceber qual a sua opinião acerca das mulheres - se são umas grandes cabras ou se são todas a nova reencarnação da virgem Maria (sem a parte da virgem, vá).
   Em geral, o livro é muito confuso. O autor propõe-se a falar sobre as mulheres, não só no título como também através da introdução, mas, volta e meia, põe-se a divagar sobre o ser humano e sobre as manias dos homens, e como seduzir num encontro, entre outros conselhos que não se entende a quem são dirigidos, se ao sexo masculino, se ao feminino, nem qual o contexto em que deveremos colocá-los dentro do livro. Alguns temas chegam a ser tratados mais do que uma vez, expondo as mesmíssimas ideias discutidas vinte páginas atrás, com as mesmas piadas e as mesmas palavras.
   O panorama vai piorando em direcção ao fim, não se iludam como eu. Este não é um tratado sobre psicologia feminina (afinal, po que percebe um pseudo-gestor de marketing de 23 anos, cujo apelido é "Moita de Deus" e que trata as namoradas por "você" acerca do assunto?).

   De agora em diante, livros de psicologia... só lhes pego se forem escritos por verdadeiros psicólogos!

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Imagem de perfil

De Sofia Sequeira a 10.01.2014 às 23:32

Gostava de ter paciência para fazer uma crítica acerca dos livros que vou lendo, mas isso dá-me tanta preguiça... Então se não gosto dos livros, só me apetece esquecer aquele momento traumático e nunca mais se falar nisso!

Em 2014 já li quase dois livros (o do Markl comecei ontem e falta-me coisa de 50 páginas) e estou super motivada/entusiasmada. Boa sorte com o blog* :D
Imagem de perfil

De BeatrizCM a 11.01.2014 às 23:15

Linda menina, já leste mais do que eu, que ainda só acabei de ler esta ranhoseira e vou nem a meio do Rushdie!

Eu só tive motivação para terminar este livro porque a leitura era mesmo simples, pena foi quase atirar o livro para o meio da estrada, tal era a minha raiva por ele!

Beijinhos :)
Sem imagem de perfil

De Carolina Helena a 11.01.2014 às 00:01

O "Imagine" é a tua resposta!
Imagem de perfil

De BeatrizCM a 11.01.2014 às 23:16

Eu sei, eu sei! :')
Imagem de perfil

De Sara a 12.01.2014 às 15:24

ahah parece de facto ser uma desilusão :/

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Em parceria com...

parceria_chiadoeditora


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D