Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Pack de "A Guerra dos Tronos" a 10€!

por BeatrizCM, em 31.08.14

 

Amigos, tenho excelentes novidades para nós, Leitores Hiperactivos Anónimos (e procrastinadores) de serviço! A editora Saída de Emergência proporciona-nos, com limitações de stock, os dois primeiros livros de A Guerra dos Tronos por apenas... 9,90€!!! UEPÁÁÁ!

Eu cá, quando vi isto, fiquei eufórica e perdi um bocadão do pouco discernimento que me costuma assistir em circunstâncias livrescas. É que eu devo ser a única pessoa à face desta blogosfera que ainda não leu nada-nadinha de A Guerra dos Tronos e, a julgar pelas avaliações do Goodreads (ora muuuuuuuito boas, ora péssimas, mas a média é bem superior a 4 estrelas em 5) e das críticas que leio por aí, faço muito, muito mal em ainda não me ter aventurado nesta saga. Além disso, amigos e colegas estão já fartinhos de me chagar a cabeça, portanto não quero continuar a crescer na ignorância sobre o que o George R. R. Martin é capaz de escrever.

Será que esta será a minha nova saga de eleição? Não me tiram o Harry Potter do coração por nada, mas há um espacinho vazio deixado pelo desencanto que sinto desde há três ou quatro anos pela saga Crepúsculo, prontinho a ser preenchido de novo.

 

Escusado será dizer que encomendei este pack, apesar de, durante 5 a 10 minutos, ainda ter reflectido bastante (de modo que até pedi autorização à minha avó para usar o MEU dinheiro - onde isto já chegou!).

 

 

Para também encomendarem o vosso pack, acedam à página http://www.saidadeemergencia.com/produto/pack-a-guerra-dos-tronos-vol-1-e-2/.

Vão perder a oportunidade ou vão cair na armadilha como eu?

 

(Infelizmente, não, eu não escrevi esta publicação em parceria com ninguém e ninguém me tem querido dar livros nenhuns ultimamente... Se calhar, já tenho mas é livros a mais. What a shame!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Últimas leituras - "Os Portugueses"

por BeatrizCM, em 24.08.14

 

Este livro foi, sem dúvida, um grande abre-olhos no que toca à minha consciência nacional. O que é ser-se português? Será tudo uma construção, uma comunidade imaginária, como a minha professora de Cultura e Sociedade outrora me dava na cabeça durante as aulas? Somos assim como somos só porque calhou ou porque o nosso passado assim o determinou?

 

 

Adorei este livro, sem dúvida. Se ainda têm dúvidas se o devem ler ou não, este é apenas um excerto do que vos espera. Aqui segue a minha avaliação no Goodreads:

 

Uma das maiores qualidades deste livro é associar traços culturais e comportamentais dos portugueses a 800 anos de História, perfeitamente resumida em 300 páginas. Uma vez que Barry Hatton, o autor, vive em Portugal há cerca de 28 anos, é-nos fornecida uma visão exterior, mas não suficientemente alheada da realidade do país. Por isso, acaba por ser um bom ponto de partida para olharmos para nós mesmos e, 100% "tugamente", rirmo-nos e troçarmos do nosso "fado".
Também considero este livro um excelente guia para turistas mais curiosos, assim como para estudantes de história e cultura (como eu). Aliás, qualquer português que o leia há-de se rir um bocadinho e talvez os estrangeiros também o consigam fazer.
É um livro que deve ser lido do início ao fim, sem saltar capítulos ou alterar a ordem de leitura. No princípio, pode parecer desinteressante e "maçudo", mas depois vai-se tornando cada vez mais agradável.
Passei quase todas as 300 páginas a pensar "oh, é verdade, nós somos mesmo assim!".

4,5 estrelas em 5!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Por vezes, dizemos que nos falta o tempo para ler e que todos os livros que temos são calhamaços que nos fazem logo perder a motivação, com frases longas, histórias desinteressantes, pontos de vista com que não concordamos e que, por isso, não conseguimos apreciar... Enfim, há sempre desculpas quando a vontade de abrirmos um livro, seja por que motivo for, não é muita.


No entanto, com este Só Entre Nós, do jornalista Luís Osório, já não conseguirão encontrar qualquer desculpa, até porque este não é um daqueles livros que se têm de ler do início ao fim e num curto espaço de tempo, antes que a memória falhe e já não saibamos a quantas íamos no enredo. Pelo menos, foi assim que encarei esta leitura, passo o cliché, tão simples e tão rica ao mesmo tempo. Confesso que ainda nem a acabei, porque ela pede para ser apreciada com a disposição certa.

Só Entre Nós é mesmo "só entre nós", em jeito de desabafo. É constituído por pequenas crónicas (por vezes são tão curtas que são só mesmo um parágrafo de oito linhas) acerca de tudo e mais alguma coisa, qualquer tema: política, vida familiar, infância, economia, cultura, expectativas para o futuro... Assim, é fácil que qualquer tipo de leitor crie empatia com este grande jornalista, Luís Osório, cujo trabalho podem e DEVEM pesquisar.

Pessoalmente, a parte de que menos gosto no livro é o prefácio escrito pelo muito conhecido Adriano Moreira, antigo Ministro do Ultramar durante o Estado Novo e, mais tarde, presidente do CDS. Admiro-o muito pela sua eloquência aos 91 anos, pela sua capacidade de expressão (aparentemente) intacta em tão avançada idade, mas não consegui mesmo identificar-me com o tipo de escrita. Enfim, mas, se acabarem por concordar comigo (o que pode nem acontecer) sempre existem mais cento e tal páginas de que podem gostar mais do que o prefácio - e que cento e tal páginas são!


Este foi a primeira crítica - de muitas, espero - a um livro escrita em parceria com a Chiado Editora. Para mais informações sobre autores, livros ou envio de obras, visitem o site www.chiadoeditora.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rendi-me às capas para livros!

por BeatrizCM, em 17.08.14


Ainda em Newcastle, fui a uma loja local de souvenirs, onde encontrei presentes bem giros e únicos, alusivos à cidade. Além disso, muitos deles eram feitos por pessoas ou empresas da zona, o que ainda lhes dava mais valor do que as muitos batidas lembranças Made in China. Um desses exemplos foi esta capa para livros, que se encontrava em promoção. Já tinha custado 15£, já tinha custado 6£ e, no momento, custava 3£. Sim, três libras, o que nem chega a 4€. Também havia outras no cesto, mas eram iguais a quaisquer outras que pudesse comprar em Portugal, com padrões que não me cativaram o olho. Já esta é simples e, apesar de abusar do cliché do Keep Calm, chamou-me a atenção. É feita de acordo com as medidas dos paperbacks e, no máximo, serve às antigas edições portuguesas dos livros do Harry Potter. E, como poderão confirmar na etiqueta, provém dum negócio de Newcastle que se chama "Stitch in Tyne", que fabrica capas e capinhas para todo o tipo de funções.

Há já algum tempo que pensava em comprar uma capa destas, mas nunca dei de caras com nenhuma que justificasse o investimento (normalmente, os preços rondam os 10€). Finalmente, rendi-me e não poderia estar mais satisfeita com a minha compra. Pode ser que me ajude a conservar o estado das capas originais dos meus livros, sem as vincar ou sujar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

8 livros por 16,30£

por BeatrizCM, em 15.08.14

 

Mais uns quantos, desta vez adquiridos entre Newcastle e Alnwick, em Inglaterra. Decidi escolher umas leituras mais leves, para variar um bocado e não me armar em "sou tão intelectual que não posso comprar um romance cor-de-rosa sem sentir remorsos pelo dinheiro que gastei nele". Também já andava de olho nalguns, cá em Portugal, mas lá são muuuuuuuuito mais baratos. Preços entre 0,50£ e 3£. Procura-se tempo de vida para os ler.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Em parceria com...

parceria_chiadoeditora


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D