Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Qual a melhor Fnac de Lisboa?

por BeatrizCM, em 04.02.15

Nada conforta mais os amantes de livros do que uma livraria arrumada, organizada e acolhedora, à mão de semear. Quanto a mim, acho a maioria das livrarias Bertrand demasiado exposta, ou pequena, ou incompleta. Por isso, além da livraria do El Corte Inglés (cujo comentário deixo para outra ocasião), restam-me as diversas lojas Fnac no centro de Lisboa. E é sobre elas que pretendo escrever agora.

Se me perguntarem qual é, para mim, a melhor Fnac de Lisboa, pelo menos no centro, digo que é a Fnac do Colombo. Pode não ser a maior (cheira-me que as do C. C. Vasco da Gama ou dos Armazéns do Chiado é que são), mas é aquela onde o espaço se encontra melhor aproveitado. Não há falta de corredores para circular à vontade, sem tropeçar em nada, a loja é ampla e as secções estão bem organizadas, com lógica e aprumo, sem grandes desperdícios, contudo mantendo-as actualizadas e com uma selecção sensata de produtos, sejam eles de música (comprova o Ricardo) ou de livros (digo eu). No que toca a produtos informáticos e de tecnologia, apesar de muitos serem mais caros do que nas lojas Worten ou Box do Jumbo, é costume encontrar-se marcas diferentes, existindo maior variedade. Não há mais, também não há a menos. Ah, e já agora, deve ser a única loja Fnac onde costumam ter, sempre que lá vou, o Jornal de Letras.

Também considero a Fnac do Colombo como a melhor Fnac de Lisboa porque é a que tem sempre melhores promoções. Principalmente durante os meses de Janeiro, encontra-se bastantes boas oportunidades de 1€ a 10€, depois de reduções significativas do preço original.

Quanto ao atendimento, a Fnac do Colombo tem, provavelmente, os empregados mais simpáticos e despachados a atender. Até há bastante gente nova por lá, o que é capaz de também tornar o atendimento mais agradável, sem se tornar enfadonho. Em suma, talvez a falta de experiências anteriores mantenha esses jovens menos desmotivados e aborrecidos com o seu trabalho. Esperemos que continuem a ser uns bacanos pela vida fora!

E quanto a vocês, qual é a vossa loja Fnac preferida?

Autoria e outros dados (tags, etc)


14 comentários

Imagem de perfil

Kasy a 05.02.2015



Comparar a Bertrand - a livraria mais antiga de Portugal e uma das mais antigas da Península - com a FNAC é um nonsense! Um crítico de Arte e escritor, talvez o mais conhecido, classificou-me há tempos a FNAC como "uma sapataria que vende livros" . E é de facto! Não há naquelas lojas qualquer critério, desde a escolha dos "top" - que chega a ser anedótica - à arrumação por escritores, títulos ou temas. É tudo ao acaso ou à vontade do freguês.
A Bertrand, não sendo já, nem de perto nem de longe , a livraria que já foi é um espaço que convida a critérios de escolha só possíveis em ambientes de silêncio e recolhimento. O mesmo livro, podemos comprá-lo mais barato na FNAC mas vamos para casa na dúvida, com aquela desagradável sensação de que nos impingiram um livro. Acho que a Fnac dá imenso jeito para ver capas, folhear livros en passant, mas apenas me sirvo lá de música - o Chiado perdeu as duas belíssimas casas de Música - e de adereços para o computador ou outros móveis. O meu Livreiro, e espero que nunca deixe de o ser, é a FERIN. Mesmo com umas "joint ventures" que levam para lá umas edições que talvez tenham descoberto como fazer dinheiro explorando certos sectores da sociedade leitora mas nada têm a ver com a verdadeira Ferin.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D